segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

O show de Cida Moreira no Sesc Ipiranga - Etelma T. de Souza

O show de Cida Moreira (10/01/16 – Sesc Ipiranga) foi simplesmente maravilhoso!
Que saudades de ver um espetáculo seu!...
Ou, como a própria disse: "Eu não tenho saudades, tenho lembranças"...
E minhas lembranças remetem a Bilbao Cabaré...

Durante o show, Cida Moreira disse que tinha cds à venda.

Perguntei:
— Você vai autografar hoje?
Ela respondeu:
— Claro. Como sempre faço. Algum dia não autografei? (ressalto que falou muito bem humorada).
Risadas. Ela voltou ao piano, mas, antes falou:
— Senti uma ponta de cobrança...
Risadas. Eu:
— Não, é que o último show seu que vi foi Bilbao Cabaré...
Ela:
— Bilbao Cabaré??? Você sabe de que ano é?
Risadas...
Eu:
— Melhor não falar...
Cida Moreira:
— É de 1989, nem eu tinha nascido ainda...
Kkkkkkkkk

Ela realmente é maravilhosa!

Voltando ao show.
Surpreendi-me com o repertório e vou destacar apenas algumas músicas para não alongar-me muito.
Começo com uma de que gosto muito e não conhecia com ela: Uma canção desnaturada.
Chico Buarque é genial (compositor), mas Cida Moreira interpretando Uma Canção Desnaturada é insuperável!!!
Aliás, Cida Moreira é insuperável em suas interpretações!

Ah, cantou Dolores Sierra... Amo!...
Amo tango! Amo cabaré e tudo o que remete a cabaré... rsrsrs
Cida Moreira interpretando tango então!...
E cantou outros...

Ao interpretar Os Açougueiros Felizes (pena que ainda não tem vídeo de Cida Moreira com mais esse tango...) apresentou-nos novo compositor (Boris Vian) e cantora (Letícia Coura – que fez a versão brasileira).
A música é simplesmente maravilhosa! Inicialmente lembra composição de tragédia grega (outro gênero que amo rsrs). É fantástica!

Então vem versos esclarecedores:

                    “Esse é o tango da Polícia Militar
                    Grande orgulho do povo brasileiro
                    Esse é o tango da violência salutar
                    Esse é o tango homenagem ao coveiro”

No início, rimos um tanto (é tanta desgraça que chega ao tragicômico... Isso, sem falar na magnífica interpretação de Cida Moreira!) e ao chegar a esses versos, para mim reveladores, esclarecedores, riram. Não entendi do que... Enfim, dá margens a diversas interpretações... (clique aqui para ver a letra na íntegra).

Mas, a maior surpresa para mim foi no momento do Bis.
Cida Moreira voltou e foi logo falando:
— Não me peçam para cantar Geni...
Risadas.
A plateia palpitando sobre o que cantar. Ela pensando, escolhendo.
De repente alguém pediu:
— Back to black!
UAU!!! Não acredito! Amo Amy Winehouse! Amo essa música! É uma de minhas preferidas! E naquele momento imaginei que seria demais a interpretação de Cida Moreira!
Momentos de suspense enquanto decidia e...
Back to Black!
Realmente demais! Surpreendente!
Saio de lá inebriada!
Foi muito emocionante.
Claro, chorei em alguns momentos... E, claro, comprei o cd, levei para autografar e tirei fotos com Cida Moreira...

Que SHOW! De interpretação, de piano, de musicalidade, de simpatia!... O tempo todo dialogando com a plateia...

Enfim, fiquemos atentos, pois ela fará alguns shows do espetáculo Soledade, em São Paulo. Irei a tantos quanto conseguir...

Muito obrigada, Cida Moreira, por nos brindar com esse grande espetáculo logo no início do ano!
_______________
PS: Também quero registrar um agradecimento especial a uma pessoa da equipe: Luci (ou Lucy?) Traça...

PS2: Após escrever o texto, e não vou alterar, fui pesquisar o “novo” compositor: Boris Vian – nascido em 1920 (falecimento em 1959)... Bem, não deixa de ser novo, pois só agora conhecemos...
Leia Mais ››